sexta-feira, 23 de abril de 2010

MEU NOVO FOTOBLOG

*
*
*
*
Amigos, este blog acaba de ganhar um irmãozinho. Trata-se do fotoblog "A FLORESTA DELIRANTE", no qual vou começar a mostrar meu trabalho com manipulação de imagens, sobretudo de ambientes que frequento a serviço (florestas, cerrados, etc).
*
*
O texto abaixo esteve no folder da única exposiçãozinha que fiz até agora de fotos manipuladas digitalmente:
*
*
Fotos artísticas da natureza trabalhadas por Assis de Mello, zoólogo, professor universitário, poeta e artista plástico. Imagens de florestas tropicais úmidas e de outras paisagens transformadas não apenas pelo naturalista fotógrafo, mas também pelo artista digital, o qual recria novos, inusitados mundos a partir das paisagens das florestas e outros sertões do Brasil.
Fantásticas imagens de uma natureza que só a imaginação transforma em realidade.

*
*
Estão todos convidados a uma visita:
*
*
*
Chico
*
*

12 comentários:

Adriana Godoy disse...

Visitei, conferido e aprovadíssimo. Parabéns por esse novo trabalho. Aliás, novo pra nós. Juntar a alma do poeta à beleza imensurável da natureza. É arte, é vida, é o que nos salva. Beijo.

poesia se quer disse...

deliremos
enquanto há


de resistir

a floresta

Adriana Cristina Razia disse...

"Mundo delirante
Sou teu habitante
O mais frágil vôo
Asas colibri"...

http://www.youtube.com/watch?v=_QPFGFmLKQY

Chico, sua novíssima Floresta Delirante chega com tudo, mais uma vez nos encantando com seus talentos e surpresas de artista multimídia e poeta transmodal!

Especialíssimo!
Parabéns!

Ana Paula Minetto Tokay disse...

Seus blogs são lindos, amei de verdade, amei as fotos também. Obrigada pela visita em meu blog.

Karina Macció disse...

Hola Assis de Melo!
Yo ni en portuñol sé escribir. Va en este español que ojalá se entienda. Me gustaron mucho tus textos, esa serie Burning Ash, qué linda (bonita).
Saludos viajeros,
K

« Katyuscia Carvalho » disse...

Que belo convite para um passeio de domingo.

Abraços.

« Katyuscia Carvalho » disse...

Como acho que não consegui comentar lá... Fica aqui:

http://framello57.fotoblog.uol.com.br/photo20100428040457.html

Apreciei de forma especial o delicado trabalho nesta fotografia...
É como se um crepúsculo se desprendesse qual outono da árvore de um fim de dia, e que [re]pousasse no dorso de uma estação derradeira, cumprindo seu ritual de bicho.

Um beijo.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
COISAS DO CHICO

ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE BLADE RUUNER , CHOCOLATE, EL NAZARENO- LOVE STORY,- Y- CABALLO.

José
Ramón...

Adriana Cristina Razia disse...

Alma dendrítica, didática, clorofilada
Transborda os ocelos bondosos de horizontes ciano

Sob os élitros de feltro e lã
Na gélida desolação de julho
Do hemisfério sul
A terra nua inspira

A palavra respira

Gafanhotos mumificados pulverizam sua solidão
Folhas ferrugíneas uivam aos ventos

Mas
Tal e qual os antigos anjos das sementes
(Auras de pólen, asas de cotilédones)
Chico, apenas, finge hibernar...

Como um artesão-trovador
Em suas mansões de poesia
Cogita e labora
Élficos jardins, sinfonias, filigranas, florestas
Compõe exuberantes primaveras...

E assim, toda a alquímica verve da vida vinga

Voa livre com as aves do verão

Para nosso essencial benefício
(Ou mero hedonismo onírico)
Chico, mestre, sempre conspirará!

FRANCÍCLICO - Adriana Cristina Razia

http://www.youtube.com/watch?v=j6WIuYiz5l4

Domingos Barroso disse...

Magnífico, meu camarada.
Imagens certamente vistas
pelos olhos de um duende.

forte abraço.

Leitores e Cinéfilos disse...

Só uma pessoa com sensibilidade à flor da pele e um genial olho clínico consegue tal proeza. Parabéns!

Batom e poesias disse...

Eu adorei seu blog de fotos.
Maravilhoso tanto quanto os seu poemas.
Feliz por ter aparecido.

Vou pensar no Facebook...rss
bj
Rossana